" Um Agregado de Células Lógicas para Realização de Circuitos Integrados Semipersonalizados "

 

Resumo

O projecto de circuitos integrados de aplicação específica (ASICs) é uma área em constante evolução. O aparecimento de novas ferramentas de CAD e de novos processos tecnológicos tem vindo a permitir o aumento da complexidade dos circuitos integrados por unidade de área, bem como o aumento da frequência de trabalho dos sistemas.

A escolha do tipo de ASIC está condicionada a compromissos entre o custo, o tempo de desenvolvimento, a área de silício utilizada e o desempenho pretendido. Dos vários tipos de ASICs semipersonalizados, os agregados de células lógicas (GAs), incluindo as arquitecturas sem canais pré-definidos a interligações (SOGs), representam aproximadamente 50% do mercado de circuitos integrados de aplicação específica.

Neste trabalho propomos uma arquitectura em SOG, com capacidade de suportar de uma forma eficiente a realização de lógica combinatória, de blocos de memória e, eventualmente, de circuitos analógicos.

A possibilidade de obter circuitos mais densos levou-nos a optar pela utilização de agregados de células lógicas sem canais pré-definidos para interligação. Uma vez que algumas das camadas do processo de fabrico se encontram já pré-processadas, sendo a personalização do circuito efectuada apenas pela realização das camadas de metalização, este tipo de circuitos mantém a vantagem de ter um tempo de fabricação reduzido.